segunda-feira, 2 de março de 2015

São Paulo anuncia a contratação do volante Wesley até o fim de 2018

O São Paulo finalmente anunciou a contratação de Wesley. O jogador de 27 anos assinou contrato válido até o fim de 2018. Wesley esperou terminar o contrato que tinha assinado com o Palmeiras, que ocorreu na última sexta-feira, para oficialmente assinar com o Tricolor Paulista.
– O Wesley chega para fechar o nosso grupo. Ele é um jogador versátil, que teve passagens por clubes importantes e que com certeza será muito útil para qualificar ainda mais o nosso elenco – afirmou o vice-presidente de futebol do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro ao site do sócio-torcedor.
Quem viu não gostou

A atuação do São Paulo na tarde deste domingo foi um horror. O torcedor que compareceu ao estádio ou aquele que acompanhou pela TV, sofreu com o futebol sem graça mostrado pelo Tricolor Paulista.
Michel Bastos, mesmo longe da eficiência de outros jogos, foi quem mais se movimentou. Rogério Ceni quase que não teve trabalho debaixo da trave.
De qualquer modo, a análise feita sobre o São Paulo nesse início de temporada, é que o time ainda não tem um padrão de jogo. O time teve a posse de bola em quase 80% do jogo, e não fez absolutamente nada com ela.
O Tricolor Paulista que está invicto na competição, chegou a 17 pontos e se manteve na liderança do Grupo 1 do Campeonato Paulista.
FICHA TÉCNICA
RIO CLARO 0 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio Dr. Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro (SP)
Data: 1º de março de 2015, domingo
Horário: 16 horas (Hora de Brasília)

Cartões amarelos: Renan Luis, Dennis Murillo (Rio Claro). Michel Bastos (São Paulo)

RIO CLARO: Richard; Vinícius Bovi, Gilberto, Pitty e Renan Luís; Alê, Nando Carandina, Matheus Galdezani (Patrik) e Guaru (Jeferson Paulista); Paulinho e Rodolfo (Dennis Murillo)
Técnico: Antônio Carlos Buião

VS

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Auro, Lucão, Edson Silva e Reinaldo; Souza, Thiago Mendes, Michel Bastos (Ewandro) e Centurión (Boschilia); Alexandre Pato (Cafu) e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

São Paulo goleia o Danubio

A derrota para o Corinthians na estreia da Taça Libertadores é coisa do passado. A exibição não foi daquelas que se espera de um time com tanta grandeza, mas o São Paulo finalmente conseguiu a primeira vitória na maior competição do continente, ao golear o Danubio do Uruguai por 4 a 0, no Morumbi. A categoria do atacante Alexandre Pato foi quem chamou a atenção. A boa fase do camisa 11 do Tricolor Paulista demorou, mas parece que apareceu.
O time assume provisoriamente a liderança do Grupo 2 da competição, com três pontos e leva vantagem no gols pró. O São Paulo disputa mais uma partida da Taça Libertadores da América, no dia 18 de março, diante do argentino San Lorenzo, novamente no Morumbi. Enquanto isso, o Tricolor Paulista jogará domingo, diante do Rio Claro, às 16h, fora de casa, em partida válida pelo Campeonato Paulista.
FICHA TÉCNICA: SÃO PAULO 4 x 0 DANUBIO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 25 de fevereiro de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (Hora de Brasília)

Cartões amarelos: Denilson, Bruno e Dória (São Paulo); Agustín Peña, Ignacio González, Joaquín Pereyra e Matías Castro (Danubio)

Cartão vermelho: Hamilton Pereira (Danubio)

Gols: Alexandre Pato, aos 4 e aos 40 minutos do primeiro tempo; Reinaldo, aos 24, e Cafu, aos 43 minutos do segundo tempo para o São Paulo.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno (Thiago Mendes), Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson (Hudson), Souza, Ganso e Michel Bastos (Cafu); Alexandre Pato e Luis Fabiano
Técnico: Muricy Ramalho

VS

DANUBIO: Franco Torgnascioli; Agustín Peña, Matías de los Santos (Matías Velásquez), Fabricio Formiliano e Joaquín Pereyra; Luis Sosa, Renzo Pozzi, Hamilton Pereira e Ignacio González (Marcelo Tabárez); Bruno Fornaroli (Emiliano Ghan) e Matías Castro
Técnico: Leonardo Ramos

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Só a vitória interessa

Derrotado em sua estreia na Taça Libertadores há exatamente uma semana, o São Paulo joga diante do Danubio, do Uruguai, nesta quarta, às 22h (Horário de Brasília), no Morumbi, sabendo que precisa vencer. A vitória servirá para o time se manter com boas possibilidades de classificação para a próxima fase da competição continental.
A Copa Libertadores é considerada a maior prioridade da temporada. Após estrear fora de casa, o Tricolor Paulista terá dois jogos seguidos no Morumbi: o próximo será no dia 18 de março, diante do San Lorenzo, da Argentina. Será preciso vencê-los para evitar depender de resultados.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X DANUBIO-URU

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 25 de fevereiro de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (Hora de Brasília)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson, Souza, Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato e Luis Fabiano
Técnico: Muricy Ramalho

VS

DANUBIO: Franco Torgnascioli; Agustín Peña, Matías de los Santos, Fabricio Formiliano e Matías Velásquez; Hamilton Pereira, Ignacio González e Leandro Sosa; Marcelo Tabárez, Matías Castro e Bruno Fornaroli
Técnico: Leonardo Ramos

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Nada como uma rodada após a outra

No retorno ao estádio do Morumbi, o São Paulo teve tranquilidade suficiente para conseguir golear o Osasco Audax por 4 a 0, depois da frustração em sua péssima estreia na Taça Libertadores na semana passada. A vitória dá ao Tricolor Paulista uma grande vantagem na liderança do Grupo A, agora com 16 pontos.
O time volta a jogar nesta quarta-feira em partida válida pela segunda rodada da Copa Libertadores. Uma vitória diante do Danubio será muito importante para o clube sonhar com a fase de oitavas de final da competição. Na próxima rodada do Campeonato Paulista, o adversário do São Paulo será o Rio Claro, fora de casa, domingo, dia 1º de março.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 4 X 0 GRÊMIO OSASCO AUDAX

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 21 de fevereiro de 2014, sábado
Horário: 17 horas (Hora de Brasília)
Público: 9.765 torcedores

Cartões amarelos: Souza (São Paulo)

Gols: Michel Bastos, aos 33min do 1º tempo e aos 42min do 2º tempo; Alexandre Pato, aos 34min do 1º tempo e aos 6min do 2º tempo para o São Paulo.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória (Edson Silva) e Reinaldo; Denilson, Souza, Thiago Mendes e Michel Bastos; Alexandre Pato (Alan Kardec) e Luis Fabiano (Centurión)
Técnico: Muricy Ramalho

VS

AUDAX: Felipe Alves, Didi, Bruno Silva e Francis; André Castro, Camacho, Marquinho, Matheus (Bruno Paulo) e Rafael Longuine (Gilsinho); Thiago Silvy (Rondinelly) e Ytalo
Técnico: Fernando Diniz

sábado, 21 de fevereiro de 2015

São Paulo retorna ao Morumbi para enfrentar o Audax

O time do São Paulo retorna ao estádio do Morumbi na noite deste sábado, depois de dois jogos disputados no Pacaembu. Com o gramado reformado, o time recebe o Audax depois da péssima estreia na Taça Libertadores na última quarta-feira, na derrota para o Corinthians por 2 a 0.
Apesar da frustração logo na estreia da Copa Libertadores, a situação do São Paulo no Campeonato Paulista é tranquila, pois está invicto na competição estadual, com quatro vitórias e um empate. Os 13 pontos obtidos o coloca na liderança isolada do grupo 1.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X GRÊMIO OSASCO AUDAX

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 21 de fevereiro de 2015, sábado
Horário: 17 horas (Hora de Brasília)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson, Souza, Thiago Mendes e Michel Bastos; Alexandre Pato e Luis Fabiano
Técnico: Muricy Ramalho

VS

AUDAX: Felipe Alves, Didi, Bruno Silva e Francis; André Castro, Camacho, Marquinho, Matheus e Rafael Longuine; Thiago Silvy e Ytalo
Técnico: Fernando Diniz

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

São Paulo estreia com derrota na Taça Libertadores

O primeiro Clássico da história da Copa Libertadores entre Corinthians e São Paulo não foi nada bom para os são-paulinos. O Tricolor Paulista deixou o gramado da Arena do rival, com a derrota por 2 a 0, em partida válida pela primeira rodada do Grupo 2 da competição mais desejada do continente.
Para começo de conversa, a escalação feita pelo técnico Muricy Ramalho se mostrou muito equivocada. Ele (Muricy) escalou Maicon e recuou Michel Bastos, tirando do setor o jogador que dá mais ritmo ao meio-campo. A derrota e, principalmente, a incapacidade do time de jogar de igual para igual diante do rival, pesará nas próximas rodadas. O São Paulo amarga a lanterna da chave que ocupa, porque ainda não pontuou.
FICHA TÉCNICA: CORINTHIANS 2 x 0 SÃO PAULO

Local: estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 18 de fevereiro de 2015, quarta-feira
Horário: 22h (Hora de Brasília)
Público: 39.029 torcedores (38.029 pagantes)

Cartões amarelos: Felipe (Corinthians); Denilson, Ganso e Luis Fabiano (São Paulo)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Jadson (Mendoza), Elias (Bruno Henrique), Renato Augusto e Emerson (Malcom); Danilo
Técnico: Tite

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Michel Bastos; Denilson, Souza, Maicon (Thiago Mendes) e Ganso; Alan Kardec (Reinaldo) e Luis Fabiano
Técnico: Muricy Ramalho