segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Empate desanimador no Morumbi

Quando a fase não é boa, nem mesmo uma presença maçica de público no estádio ou uma atuação superior a dorival durante a maior parte do clássico são capazes de  se traduzir em vitória. Foi isso que aconteceu com o São Paulo neste domingo, diante do Corinthians, em partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Diante de 61.142 torcedores no Morumbi, o Tricolor Paulista jogou melhor, abriu o placar no primeiro tempo, esteve muito próximo de vencer, mas vacilou na etapa final, não mantendo o ritmo e ficou no empate em  1 a 1 com o rival.
Com o resultado, o São Paulo chegou aos 28 pontos,  se mantendo na 17ª colocação e permanecendo na zona do rebaixamento da competição.
Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Sport, no próximo domingo, às 16h, no Morumbi.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 24 de setembro de 2017, domingo
Horário: 11 horas (Hora de Brasília)
Público: 61.142 pessoas

Cartões amarelos: Júnior Tavares, Lucas Fernandes (SPFC). Gabriel, Balbuena, Rodriguinho, Clayson (Corinthians).

Gols: Petros, aos 27 minutos do 1º tempo para o SPFC. Clayson, aos 32 minutos do 2º tempo para o Corinthians.

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Robert Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros; Marcos Guilherme (Maicosuel), Hernanes, Christian Cueva (Jucilei) e Lucas Fernandes (Denilson); Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

VERSUS

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel (Clayson), Maycon, Jadson (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho e Romero (Camacho); Jô
Técnico: Fábio Carille

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Mais Aliviado!

O São Paulo superou o Vitória, por 2 a 1, no Barradão, neste domingo, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, e aliviou um pouco sua sitiação no campeonato. O Tricolor Paulista deixou a penúltima colocação da competição e subiu para o 17º lugar, agora com 27 pontos, ainda na zona de rebaixamento.
Na próxima rodada, o São Paulo terá o clássico diante  do rival Corinthians, no próximo domingo (24), às 11 horas (Hora de Brasília), no Morumbi – 42 mil ingressos já foram vendidos para o Majestoso.
FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 1 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 17 de setembro de 2017, domingo
Horário: 16 horas (Hora de Brasília)
Público: 12.805 torcedores

Cartão Amarelo: Jonatan Gomez e Arboleda (São Paulo); Uillian Correia, Patric e Cleiton Xavier (Vitória).

Gols: Éder Militão, aos 7 minutos do segundo tempo, e Christian Cueva, aos 36 minutos do segundo tempo para o SPFC. Tréllez, aos 44 minutos do segundo tempo para o vitória.

VITÓRIA: Fernando Miguel; Caique Sá (Fillipe Soutto), Wallace, Kanu e Patric; Ramon, Uillian Correia (Carlos Eduardo) e Yago; Neilton (Cleiton Xavier), Tréllez e Kieza
Técnico: Vagner Mancini

VERSUS

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Rodrigo Caio, Robert Arboleda e Júnior Tavares; Petros; Marcos Guilherme (Bruno Alves), Jonatan Gomez (Christian Cueva), Hernanes e Lucas Fernandes (Thomaz); Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

São Paulo renova contrato do atacante Brenner até setembro de 2022

Convocado para defender a seleção brasileira no Mundial Sub-17, que será disputado na Índia, o atacante Brenner renovou o seu contrato com o São Paulo.
O acerto foi definido nesta terça-feira após uma reunião envolvendo os pais do jogador de 17 anos, o empresário Tiago Guadagno e o diretor executivo do clube, Vinícius Pinotti. O novo vínculo de Brenner terá a duração de cinco anos, válido até setembro de 2022.
– É um sonho realizado ter assinado esse novo contrato profissional mais longo, espero ficar muito tempo aqui no São Paulo, conquistar títulos. É a realização de um sonho jogar no clube que eu amo, que torço, que cuidou de mim desde criança, estou aqui desde os 11 anos. Aqui é a minha casa e estou muito feliz – disse Brenner, ao site oficial.
Brenner ganhou um bom aumento salarial e o novo contrato prevê novos reajustes de acordo com metas que forem alcançadas pelo atleta no futebol profissional. A multa rescisória subiu para R$ 100 milhões para clubes brasileiros e € 50 milhões de euros (R$ 186,36 milhões) para times do exterior.
Brenner é considerado pela comissão técnica um atleta de enorme potencial e que certamente terá muito espaço em um futuro próximo no clube.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

São Paulo vacila deixa escapar vitória no Morumbi

A reação parecia começar neste sábado, mas o São Paulo voltou a se complicar na luta contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Depois de estar vencendo por 2 a 0 até aos 16 minutos do segundo tempo, o Tricolor Paulista desmoronou com a expulsão de Jucilei e não teve capacidade para impedir que a Ponte Preta chegasse ao empate de 2 a 2.
O resultado deixa o São Paulo em uma condição bastante delicada, permanecendo na penúltima colocação da competição, com apenas 24 pontos.
Agora, o time terá a semana toda para treinar, corrigir novamente os erros e se prepara para a próxima partida, marcada para o próximo domingo, diante de mais um adversário direto na briga para escapar da segunda divisão, o Vitória, às 16h, no Barradão, em Salvador.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 2 PONTE PRETA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 9 de setembro de 2017, sábado
Horário: 19 horas (Hora de Brasília)
Público: 43.724 total
Cartões amarelos:: Edimar (SPFC). Elton (Ponte Preta).
Cartão vermelho: Jucilei (SPFC)

Gols: Hernanes, aos 33 minutos do 1º tempo, e Bruno Alves, aos 11 minutos do 2º  tempo para o SPFC. Danilo, aos 19, e Léo Gamalho, aos 29 minutos do 2º tempo.

SÃO PAULO: Sidão; Militão (Buffarini), Bruno Alves, Rodrigo Caio e Edimar; Petros, Marcos Guilherme (Cueva), Jucilei, Hernanes e Lucas Fernandes (Marcinho); Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

VERSUS 

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Danilo; Fernando Bob, Elton (Leo Gamalho), Naldo (Renato Cajá) e Saraiva; Lucca (Maranhão) e Emerson Sheik.
Técnico: Gilson Kleina

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

São Paulo quer estrear uniforme novo diante da Ponte Preta

O Conselho Deliberativo do São Paulo aprovou na noite de segunda-feira, dia 4 de setembro, o novo uniforme do time. A camisa, comemorativa, homenageia os 30 anos da inauguração do Centro de Treinamento do clube, na Barra Funda, que será comemorado em abril de 2018.
No modelo aprovado da camisa, predomina a cor preta, com detalhes em grená na gola em Y e nas mangas. Os calções e meiões também são da cor grená. O clube quer estrear a nova camisa neste sábado, na partida donate da Ponte Preta, no Morumbi, mas existe a possibilidade de que o primeiro uso seja contra o Sport, no dia 1º de outubro.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

E aí?

O São Paulo é o 19º colocado do Campeonato Brasileiro, com 23 pontos, a dois de deixar a temida zona de rebaixamento. A péssima situação do clube na temporada e a luta contra a queda para a Série B levantam no clube a discussão sobre a contratação de um novo dirigente para o futebol.
Grande parte de conselheiros pede um profissional experiente para atuar entre elenco, comissão técnica e direção. Ou seja, uma pessoa a mais no departamento de futebol. Nomes como o de Muricy Ramalho, Paulo Autuori, Marco Aurélio Cunha e Raí são alguns dos citados nos bastidores.
Há quem considere a partida diante da Ponte Preta, no dia 9 de setembro, no Morumbi, como o momento-chave para que isso aconteça. Em caso de uma nova derrota, a pressão aumentaria ainda mais por uma mudança imediata no dia a dia.
Hoje a estrutura é a seguinte: Vinicius Pinotti, diretor executivo dedicado ao futebol, Alexandre Pássaro, advogado que também participa de negociações, e Fernando Ambrogi, diretor associado (ou adjunto).
Durante a negociação para acertar com o São Paulo, Dorival foi informado sobre como funcionava essa estrutura e questionado sobre um possível coordenador técnico. O treinador aprovou o modelo atual e o considerou suficiente. Por outro lado, não foi contra a possível chegada de um novo membro para o departamento.
Quem defende a ideia de um novo profissional considera a contratação necessária para ter alguém experiente na área e ao mesmo tempo dividir a responsabilidade do departamento de futebol com Vinicius Pinotti, que está desde maio na função. Isso também amenizaria a pressão de torcedores e conselheiros. No entanto, há dúvida sobre como seria a divisão de tarefas com Vinicius e se o dirigente aceitaria dividir o poder de decisão no futebol do clube.
Por outro lado, os contrários à contratação argumentam que os problemas do São Paulo são por falta de confiança, de equilíbrio psicológico e não seriam resolvidos com a chegada de um novo dirigente. Os próprios jogadores, inclusive, admitem que o fator emocional tem pesado em alguns momentos.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Piorou a situação

Jogando fora de casa, o São Paulo acabou superado pelo rival Palmeiras e saiu de campo com a derrota por 4 a 2, no clássico disputado na tarde deste domingo, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.
A partida foi marcada por uma grave lesão do atacante Lucas Pratto, aos 22 minutos do primeiro tempo, após receber uma joelhada acidental de Hernanes num lance puxado pelo adversário e caiu desacordado. O jogador argentino foi encaminhado ao hospital HCor para exames e, segundo a assessoria de imprensa do São Paulo, ele passa bem e pode ter alta ainda nesta segunda-feira.
Com essa derrota, o São Paulo permanece na zona do rebaixamento do campeonato, com 23 pontos. Por conta da pausa no Campeonato Brasileiro por causa da disputa das Eliminatórias para a Copa de 2018, o São Paulo só volta a jogar no dia 9 de setembro: quando terá um confronto direto para escapar do rebaixamento diante da Ponte Preta, no Morumbi.
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 27 de agosto de 2017, domingo
Horário: 16 horas (Hora de Brasília)
Público: 33.537 torcedores

Cartões amarelos: Edimar, Arboleda (SPFC).

Gols: Willian, aos 35 e 38 minutos do 1º tempo. Keno, aos 33, e Hyoran, aos 45 minutos do 2º tempo. Marcos Guilherme, aos 12, e Hernanes, aos 51 minutos do 1º tempo.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Luan e Michel Bastos; Tchê Tchê, Bruno Henrique (Keno), Moisés e Guerra (Hyoran); Willian e Deyverson (Thiago Santos)
Técnico: Cuca

VERSUS

SÃO PAULO: Sidão; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Petros; Marcos Guilherme (Denilson), Jucilei, Hernanes e Cueva (Lucas Fernandes); Lucas Pratto (Gilberto)
Técnico: Dorival Júnior