quinta-feira, 19 de outubro de 2017

RESUMO DAS ÚLTIMAS PARTIDAS DO SPFC:


São Paulo 1 x 0 Sport

Não foi nada fácil, mas o São Paulo conseguiu superar o Sport  por 1 a 0, na partida realizada no último dia, 01 de outubro, no estadio do Morumbi, deixando aquela altura a zona do rebaixamento onde estava há treze rodadas. É verdade que o time dirigido pelo técnico Dorival Junior não jogou um grande futebol, mas mereceu a vitória.

Atlético-MG 1 x 0 São Paulo

Naquela partida, o São Paulo foi completamente dominado pelo Atlético Mineiro e acabou perdendo por 1 a 0, no último dia 11 de outubro, no estádio Independência, em Belo Horizonte, em partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017.
O Tricolor Paulista sofreu em campo. E, se não fosse o goleiro Sidão, o melhor do time dentro de campo, o São Paulo tinha saído com a derrota por um placar maior.

São Paulo 2 x 1 Atlético-PR

Em um jogo dramático até o fim, o São Paulo venceu o Atlético-PR, por 2 a 1, de virada, no último sábado, no Pacaembu. A distância para a zona de rebaixamento traz paz para o técnico Dorival Júnior após a conclusão da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Com esta importante vitória, o Tricolor Paulista passou a ocupar a 13ª colocação da competição, agora com 34 pontos.

Fluminense 3 x 1 São Paulo

O São Paulo manteve sua instabilidade no Campeonato Brasileiro, após deixar o estádio do Maracanã com a derrota por 3 a 1 para Fluminense, nesta quarta-feira, em partida válida pela 29ª rodada da competição. O Tricolor Paulista não consegue ter uma sequência positiva e permanece numa condição desconfortável, não mantendo distância da ameaça de cair para a segunda divisão do futebol brasileiro.  Com essa derrota, o São estaciona nos 34 pontos, na 14ª colocação.
Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Flamengo, domingo, às 17h (Hora de Brasília), no estádio do Pacaembu.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

São Paulo se despede do Morumbi contra o Sport e só volta para casa na última rodada

O torcedor do São Paulo tem mais duas oportunidades para ver o time no Morumbi em 2017. A penúltima será neste domingo, na partida diante do Sport, às 16h, válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor Paulista só voltará a jogar no Morumbi na última rodada da competição, diante do Bahia, em 3 de dezembro.
A partida contra o time pernambucano marca um "até logo" ao Morumbi. Depois desse confronto, o São Paulo terá uma sequência de cinco jogos como mandante no Pacaembu.
O estado são-paulino receberá eventos nos meses de outubro e novembro. Os acordos comerciais foram acertados há algum tempo. O Tricolor Paulista  briga contra o  rebaixamento, algo que seria inédito em sua história no futebol brasileiro.
As partidas contra Atlético-PR (no dia 14 de outubro), Flamengo (no dia 22 de outubro), o clássico com o Santos (no dia 29 de outubro), Chapecoense (no dia 08 de novembro) e Botafogo (no dia 19 de novembro) serão todas no Pacaembu.
Com a mudança de estádio, o clube deverá diminuir sua média de público. Atualmente, o time tem a segunda melhor marca, com 32.930 pessoas por jogo.
O São Paulo também tem o recorde de público do ano no país: 61.142 pagantes, marca alcançada no clássico diante do rival Corinthians, empatado por 1 a 1, no último domingo, no Morumbi.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

São Paulo só depende de si para deixar a zona de rebaixamento no domingo

Depois de empatar em 1 a 1 com o Corinthians, no último domingo, no Morumbi, o São Paulo terá mais uma chance para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro sem depender de outros resultados, só do seu, no próximo fim de semana, quando jogará diante do Sport, novamente no Cícero Pompeu de Toledo. Uma vitória bastará ao time para amenizar a ameaça.
Uma vitória no Morumbi fará o Tricolor Paulista ultrapassar justamente o Sport que tropeçou no complemento da rodada 25 da competição para poder terminar a rodada fora da zona incômoda.
Se o retrospecto servir de inspiração, o São Paulo tem tudo para vencer, pois apresenta excelente desempenho em partidas diante do Sport quando joga em casa. Em 17 jogos contra o time pernambucano, o Tricolor Paulista venceu 16 vezes e empatou uma. Marcou 42 gols e sofreu 11.
O São Paulo também se anima pelo momento, aparentemente, de melhora do time, que não perde há três rodadas (uma vitória e dois empates).
O técnico Dorival Júnior terá a semana inteira para trabalhar taticamente  o time, mas deverá repetir a formação utilizada no clássico diante do Corinthians, exceção a Júnior Tavares, que está suspenso. Assim, o São Paulo deverá ter: Sidão; Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Petros; Marcos Guilherme, Cueva, Hernanes e Lucas Fernandes; Pratto.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Empate desanimador no Morumbi

Quando a fase não é boa, nem mesmo uma presença maciça de público no estádio ou uma atuação superior a do rival durante a maior parte do clássico são capazes de  se traduzir em vitória. Foi isso que aconteceu com o São Paulo neste domingo, diante do Corinthians, em partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Diante de 61.142 torcedores no Morumbi, o Tricolor Paulista jogou melhor, abriu o placar no primeiro tempo, esteve muito próximo de vencer, mas vacilou na etapa final, não mantendo o ritmo e ficou no empate em  1 a 1 com o rival.
Com o resultado, o São Paulo chegou aos 28 pontos,  se mantendo na 17ª colocação e permanecendo na zona do rebaixamento da competição.
Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Sport, no próximo domingo, às 16h, no Morumbi.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 24 de setembro de 2017, domingo
Horário: 11 horas (Hora de Brasília)
Público: 61.142 pessoas

Cartões amarelos: Júnior Tavares, Lucas Fernandes (SPFC). Gabriel, Balbuena, Rodriguinho, Clayson (Corinthians).

Gols: Petros, aos 27 minutos do 1º tempo para o SPFC. Clayson, aos 32 minutos do 2º tempo para o Corinthians.

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Robert Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros; Marcos Guilherme (Maicosuel), Hernanes, Christian Cueva (Jucilei) e Lucas Fernandes (Denilson); Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

VERSUS

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel (Clayson), Maycon, Jadson (Marquinhos Gabriel), Rodriguinho e Romero (Camacho); Jô
Técnico: Fábio Carille 

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Mais Aliviado!

O São Paulo superou o Vitória, por 2 a 1, no Barradão, neste domingo, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, e aliviou um pouco sua sitiação no campeonato. O Tricolor Paulista deixou a penúltima colocação da competição e subiu para o 17º lugar, agora com 27 pontos, ainda na zona de rebaixamento.
Na próxima rodada, o São Paulo terá o clássico diante  do rival Corinthians, no próximo domingo (24), às 11 horas (Hora de Brasília), no Morumbi – 42 mil ingressos já foram vendidos para o Majestoso.
FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 1 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 17 de setembro de 2017, domingo
Horário: 16 horas (Hora de Brasília)
Público: 12.805 torcedores

Cartão Amarelo: Jonatan Gomez e Arboleda (São Paulo); Uillian Correia, Patric e Cleiton Xavier (Vitória).

Gols: Éder Militão, aos 7 minutos do segundo tempo, e Christian Cueva, aos 36 minutos do segundo tempo para o SPFC. Tréllez, aos 44 minutos do segundo tempo para o vitória.

VITÓRIA: Fernando Miguel; Caique Sá (Fillipe Soutto), Wallace, Kanu e Patric; Ramon, Uillian Correia (Carlos Eduardo) e Yago; Neilton (Cleiton Xavier), Tréllez e Kieza
Técnico: Vagner Mancini

VERSUS

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Rodrigo Caio, Robert Arboleda e Júnior Tavares; Petros; Marcos Guilherme (Bruno Alves), Jonatan Gomez (Christian Cueva), Hernanes e Lucas Fernandes (Thomaz); Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

São Paulo renova contrato do atacante Brenner até setembro de 2022

Convocado para defender a seleção brasileira no Mundial Sub-17, que será disputado na Índia, o atacante Brenner renovou o seu contrato com o São Paulo.
O acerto foi definido nesta terça-feira após uma reunião envolvendo os pais do jogador de 17 anos, o empresário Tiago Guadagno e o diretor executivo do clube, Vinícius Pinotti. O novo vínculo de Brenner terá a duração de cinco anos, válido até setembro de 2022.
– É um sonho realizado ter assinado esse novo contrato profissional mais longo, espero ficar muito tempo aqui no São Paulo, conquistar títulos. É a realização de um sonho jogar no clube que eu amo, que torço, que cuidou de mim desde criança, estou aqui desde os 11 anos. Aqui é a minha casa e estou muito feliz – disse Brenner, ao site oficial.
Brenner ganhou um bom aumento salarial e o novo contrato prevê novos reajustes de acordo com metas que forem alcançadas pelo atleta no futebol profissional. A multa rescisória subiu para R$ 100 milhões para clubes brasileiros e € 50 milhões de euros (R$ 186,36 milhões) para times do exterior.
Brenner é considerado pela comissão técnica um atleta de enorme potencial e que certamente terá muito espaço em um futuro próximo no clube.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

São Paulo vacila deixa escapar vitória no Morumbi

A reação parecia começar neste sábado, mas o São Paulo voltou a se complicar na luta contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Depois de estar vencendo por 2 a 0 até aos 16 minutos do segundo tempo, o Tricolor Paulista desmoronou com a expulsão de Jucilei e não teve capacidade para impedir que a Ponte Preta chegasse ao empate de 2 a 2.
O resultado deixa o São Paulo em uma condição bastante delicada, permanecendo na penúltima colocação da competição, com apenas 24 pontos.
Agora, o time terá a semana toda para treinar, corrigir novamente os erros e se prepara para a próxima partida, marcada para o próximo domingo, diante de mais um adversário direto na briga para escapar da segunda divisão, o Vitória, às 16h, no Barradão, em Salvador.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 2 PONTE PRETA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 9 de setembro de 2017, sábado
Horário: 19 horas (Hora de Brasília)
Público: 43.724 total

Cartões amarelos:: Edimar (SPFC). Elton (Ponte Preta).
Cartão vermelho: Jucilei (SPFC)

Gols: Hernanes, aos 33 minutos do 1º tempo, e Bruno Alves, aos 11 minutos do 2º  tempo para o SPFC. Danilo, aos 19, e Léo Gamalho, aos 29 minutos do 2º tempo.

SÃO PAULO: Sidão; Militão (Buffarini), Bruno Alves, Rodrigo Caio e Edimar; Petros, Marcos Guilherme (Cueva), Jucilei, Hernanes e Lucas Fernandes (Marcinho); Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

VERSUS 

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Danilo; Fernando Bob, Elton (Leo Gamalho), Naldo (Renato Cajá) e Saraiva; Lucca (Maranhão) e Emerson Sheik.
Técnico: Gilson Kleina