sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

São Paulo joga mal e acaba perdendo para o Ituano

Em mais uma atuação bem abaixo do esperado, o São Paulo voltou a perder no Campeonato Paulista. Derrotado no clássico contra o Santos, no último domingo, o Tricolor Paulista foi superado pelo Ituano por 2 a 1, na quarta-feira, em Itu, em partida adiada da sétima rodada da competição estadual. Cueva, nos acréscimos do segundo tempo, acabou desperdiçando o pênalti que evitava a derrota são-paulina.
Com o resultado, o São Paulo que ocupa o Grupo B, estaciona na tabela com dez pontos. O time volta a jogar neste domingo, diante da Ferroviária, às 17h, no Morumbi. 
FICHA TÉCNICA
ITUANO 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 21 de fevereiro de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (Hora de Brasília)
Público: 5.203 torcedores

Cartão Amarelo: Raul e Marcelinho (Ituano); Reinaldo (São Paulo).

Gols: Ronaldo, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Alison, aos 16 minutos do segundo tempo para o Itunao. Cueva, aos seis minutos do segundo tempo para o SPFC.

ITUANO: Vagner; Igor, Léo, Alison (Rodrigo Sam) e Raul; Baralhas, Marcelinho, Marcos Serrato (Tony) e Guilherme; Ronaldo (Júnior Santos) e Claudinho
Técnico: Vinícius Bergantin

VERSUS 

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Rodrigo Caio , Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei (Shaylon), Hudson, Marcos Guilherme e Nenê (Valdívia); Cueva e Diego Souza (Tréllez)
Técnico: Dorival Júnior

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

São Paulo perde mais um clássico em 2018

São Paulo vacilou mais uma vez diante de um rival. No clássico com o Santos, na tarde do último domingo, no Morumbi, o Tricolor Paulista tomou a iniciativa, tentou fazer valer o mando de campo, pressionou o adversário, não foi eficiente ao aproveitar as chances criadas, e no ataque do rival no início do segundo tempo, o gol aconteceu, o São Paulo não conseguiu reagir para buscar pelo menos a igualdade do placar, e terminou com a derrota em sua casa, na partida válida pela oitava rodada do Campeonato Paulista.
Com o resultado, o São Paulo permanece com 10 pontos no Grupo B da competição estadual. O Tricolor Paulista tem um jogo atrasado da sétima rodada para ser cumprido nesta quarta-feira, diante do Ituano, fora de casa.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 1 SANTOS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 18 de fevereiro de 2018, domingo
Horário: 17 horas (Hora de Brasília)
Público: 36.118 torcedores

Cartão Amarelo: Petros, Reinaldo e Éder Militão (São Paulo); Gabigol e Alison (Santos).

Gol: Gabigol, aos oito minutos do segundo tempo para o Santos.

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei, Petros e Nenê; Marcos Guilherme (Valdívia), Diego Souza (Tréllez) e Cueva (Brenner)
Técnico: Dorival Júnior

VERSUS

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jean Mota; Alison, Renato (Léo Cittadini) e Vecchio; Copete (Guilherme Nunes), Eduardo Sasha (Arthur Gomes) e Gabigol
Técnico: Jair Ventura

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

São Paulo acorda no segundo tempo, vence o CSA e avança na Copa do Brasil

A atuação ainda ficou bem distante do que a torcida espera, mas o São Paulo avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. Depois de um primeiro tempo muito ruim, o Tricolor Paulista acordou na etapa complementar da partida e venceu o CSA por 2 a 0, nesta quinta-feira, no estádio Rei Pelé, em Maceió. O próximo adversário na fase seguinte da competição será o CRB, também de Alagoas.
O São Paulo agora tem pela frente o clássico diante do Santos, neste domingo, às 17h, no Morumbi, válido pelo Campeonato Paulista.
FICHA TÉCNICA
CSA-AL 0 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 15 de fevereiro de 2018, quinta-feira
Horário: 21h30 (Hora de Brasília)

Cartão Amarelo: Leandro Kível, Yuri e Mota (CSA); Éder Militão (São Paulo).

Cartão Vermelho: Yuri (CSA).

Gols: Nenê, aos três, e Cueva, aos 16 minutos do segundo tempo para o SPFC.

CSA-AL: Mota; Talisson, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Dawhan, Yuri, Didira (Yago), Daniel Costa e Giva (Bruno Veiga); Leandro Kível (Michel Douglas)
Técnico: Flávio Araújo

VERSUS

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê (Valdívia); Marcos Guilherme (Caíque), Diego Souza e Cueva (Shaylon)
Técnico: Dorival Júnior

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Jogo decisivo

O São Paulo tem uma partida decisiva na noite desta quinta-feira, quando joga diante do CSA, às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela segunda fase da Copa do Brasil de 2018. Nesta fase da competição, ainda em jogo único, caso aconteça um empate, o time classificado será conhecido nos pênaltis.
Na primeira fase da competição, o São Paulo avançou com a vitória por 1 a 0 sobre o Madureira, em Londrina, no Paraná. A atuação, no entanto, não agradou à torcida, e o time deixou o campo vaiado.
FICHA TÉCNICA
CSA-AL X SÃO PAULO

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 15 de fevereiro de 2018, quinta-feira
Horário: 21h30 (Hora de Brasília)

CSA-AL: Mota; Talisson, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Dawhan, Yuri, Boquita (Didira) e Daniel Costa; Bruno Veiga e Leandro Kível
Técnico: Flávio Araújo

VERSUS

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê; Cueva, Marcos Guilherme, Diego Souza e Cueva
Técnico: Dorival Júnior

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Marcos Guilherme atinge marca de 33 anos no SPFC

Marcos Guilherme continua somando jogos com a camisa do São Paulo. E de forma seguida! Desde que estreou, em julho do ano passado, o atacante atuou 29 vezes sem ficar suspenso nem machucado ou ser poupado.
Segundo o site oficial do clube, fazia 33 anos que um estreante não atuava tanto sem parar. Em 1985, Éder Taino completou as mesmas 29 partidas consecutivas desde a primeira.
– Fico extremamente feliz com essa marca, principalmente como torcedor são-paulino desde a infância, porque sempre foi o meu grande sonho poder defender o clube. Vivo uma boa sequência na equipe, sempre em alta intensidade, e espero permanecer assim por mais tempo – disse o atacante de 22 anos ao site oficial do clube.
Marcos Guilherme agora é o 19º desse ranking, empatado com Taino (1985) e Pita (1984). O próximo que pode ser igualado pelo atacante é Florindo, do início dos anos 1940, que jogou 30 vezes seguidas desde a estreia. No topo da lista está Friedenreich, com 71 partidas, na década de 30.
A trajetória

A estreia de Marcos Guilherme foi diante do Botafogo, no Engenhão, naquela virada histórica por 4 a 3 no Campeonato Brasileiro de 2017. Dos 29 jogos pelo São Paulo, ele foi titular em 25, e balançou as redes sete vezes.
Emprestado pelo Dínamo Zagreb, da Croácia, até o fim deste ano, Marcos Guilherme tem se tornado cada vez mais protagonista do time sob o comando técnico de Dorival Júnior, principalmente por ter características raras no elenco: velocidade e profundidade para chegar à linha de fundo.
Nesta quinta-feira, o São Paulo enfrentará o CSA, em Alagoas, em jogo único, válido pela segunda fase da Copa do Brasil. Provavelmente, será a 30ª participação seguida de Marcos Guilherme.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

São Paulo apresenta Valdívia

O São Paulo apresentou nesta sexta-feira, no CT da Barra Funda, o seu sexto reforço para a temporada 2018: Valdívia. O meia assinou contrato de empréstimo válido por uma temporada.
– Agradeço muito a Deus por estar em um clube tão grande como o São Paulo. Agradeço diretoria e comissão pela confiança. Estou vivendo um sonho, muito feliz mesmo. Meus primos são são-paulinos, sempre falaram para torcer pelo clube. Sempre tive esse carinho desde criança. Hoje tenho a oportunidade de jogar no time que pensava desde criança. Muito feliz. Espero que seja uma caminhada boa – falou Valdívia.
Questionado sobre sua queda de rendimento nos últimos anos, ele admitiu que precisa voltar a atuar em alto nível. Mas acredita que a passagem pelo Atlético-MG o ajudou.
– Falta, sim, mas venho trabalhando forte. Ano passado tive uma temporada muito boa individualmente, mas os gols não saíram. Minha função tática no time eu ajudei. É trabalhar, pensar positivo e mentalizar coisas boas. Tenho qualidade para fazer. Aqui no São Paulo tenho certeza que vai dar certo. Vai ser um ano diferente para mim e para o São Paulo. Não vejo a hora de poder estrear. É a primeira vez que fico mais ansioso. Não vejo a hora de estrear com a camisa do São Paulo – acrescentou.
Depois de ganhar destaque no Internacional, Valdívia teve a carreira atrapalhada por conta de uma séria lesão no joelho esquerdo. Emprestado ao Atlético-MG no ano passado, o meia teve sequência na reta final do Campeonato Brasileiro, mas não empolgou. Agora, no São Paulo, ele terá a tarefa de jogar pelas pontas no esquema de Dorival Júnior. O técnico gosta muito do jogador.
Líder do Grupo B do Campeonato Paulista, o São Paulo volta a campo pela competição estadual no dia 18, quando fará o clássico com o Santos, no Morumbi. Antes disso, na quinta-feira, dia 15, o Tricolor Paulista viaja até Maceió para jogar diante do CSA, no estádio Rei Pelé, pela segunda fase da Copa do Brasil.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

São Paulo anuncia a contratação de Valdivia, que estava no Atlético-MG

O São Paulo anunciou a contratação de Valdivia, sexto reforço do time para 2018. O meia estava emprestado ao Atlético-MG e tem contrato vigente com o Internacional. O clube postou uma imagem do jogador de costas em suas redes sociais.
Valdivia realizou exames médicos na última segunda-feira, foi aprovado e assinou um contrato por empréstimo, com duração de uma temporada com o Tricolor Paulista. O meia se encaixa no perfil desejado pelo técnico Dorival Júnior: rápido, pode atuar pelos lados do campo e dar velocidade ao time. A diretoria afirma que ele é o último reforço da temporada.
Até aqui, além de Valdivia, o São Paulo contratou o goleiro Jean, o zagueiro Anderson Martins, o meia Nene, o meia-atacante Diego Souza e o atacante Tréllez.
Valdivia estava no Atlético-MG desde maio de 2017, quando foi emprestado pelo Internacional. No entanto, em quase um ano no clube mineiro, ele não conseguiu emplacar uma boa sequência de atuações e vinha sendo criticado pela torcida. Ele fez dois gols em 33 jogos.