sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Jucilei é regularizado. Volante pode estrear neste sábado

O volante Jucilei teve seu nome registrado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF nesta sexta-feira e será reforço para a partida do São Paulo neste sábado, contra o Novorizontino, fora de casa. O clube agora está liberado para inscrevê-lo no Campeonato Paulista.
É grande a possibilidade de Jucilei fazer sua estreia. Pela manhã, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva chegou a lamentar a demora no envio da documentação por parte do Shandong Luneng, clube chinês ao qual o volante está vinculado. Ele está emprestado ao São Paulo até o fim do ano.
Com a inscrição de Jucilei, resta apenas uma vaga a ser preenchida na lista de 28 jogadores do São Paulo para o Campeonato Paulista 2017. A vaga poderá ser ocupada pelo lateral-direito Foguete, o zagueiro Lyanco, o volante Wellington e o jovem Caíque, que passa por um período de adaptação com o elenco principal, mas que tem chances de atuar em duas posições carentes do time: o ataque e a lateral esquerda.
O técnico Rogério Ceni tem até o dia 3 de março para escolher o último inscrito.
São Paulo vende garoto de 17 anos ao Real Madrid por R$ 9,6 milhões

O São Paulo acertou a venda do meia Augusto Galvan, de apenas 17 anos, para o Real Madrid, que pagará, pelo jogador das categorias de base, 3 milhões de euros (R$ 9,6 milhões). O clube receberá 1 milhão de euros (R$ 3,2 milhões) imediatamente, e o restante de acordo com metas a serem atingidas pelo jovem, entre elas tornar-se companheiro de Cristiano Ronaldo, Marcelo, Benzema e Sergio Ramos no time principal, treinado por Zinedine Zidane.
A transferência foi bastante comemorada, já que o contrato de Augusto vai terminar no dia 25 de março, data em que ele completará 18 anos, e ele poderia sair sem custo nenhum. Só com a maioridade ele poderá assinar contrato para poder jogar na Europa.
Além do Real Madrid, outros clubes europeus demonstraram interesse nele. Canhoto, considerado um dos craques de sua geração, ele preferiu o time espanhol. Para que o negócio fosse feito, além de ser preciso esperar a maioridade ser completada, no mês que vem, os agentes também contaram com o encerramento da punição da FIFA que proibia o Real Madrid de contratar reforços.
Com a negociação, o São Paulo aumenta seu faturamento com jogadores da base. Em janeiro, David Neres havia saído para o Ajax por R$ 50,7 milhões (R$ 40,5 milhões a serem recebidos até julho, e o restante também dependendo de metas a serem alcançadas no clube holandês). Na próxima janela, o zagueiro Lyanco deverá reforçar a Juventus, que já ofereceu R$ 19,2 milhões. O São Paulo tem 80% dos direitos econômicos dele e quer aumentar esse valor.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

São Paulo prorroga contrato de Cueva até 2021. Jogador peruano ganhará aumento salarial

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, anunciou na noite de quarta-feira, durante um evento de lançamento da sua candidatura à reeleição, que o contrato de Cueva foi prorrogado até junho de 2021, com aumento salarial.
Consequentemente, a multa rescisória para tirar o jogador peruano do Morumbi, que anteriormente era de cerca de 30 milhões de euros, também sobe. Antes disso, o acordo estava previsto para ir até junho de 2020. As boas atuações e seu destaque como titular do Tricolor Paulista, além do assédio do exterior, fizeram a diretoria são-paulina modificar o contrato.
– O Cueva renovou o contrato hoje por cinco anos, está assinado. Tinha uma proposta nem sei de onde – afirmou Leco.
Um dos destaques do clube na reação contra o perigo de rebaixamento em 2016, o jogador peruano começou a temporada de 2017 se destacando ainda mais. Na última terça-feira, aliás, foi dele o gol da vitória por 3 a 2, de virada, sobre o São Bento, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

São Paulo vence o São Bento com pênalti no fim do jogo

O pênalti sofrido por Chavez aos 39 minutos do segundo tempo mudou o fim da partida entre São Paulo e São Bento no estádio do Morumbi. O Tricolor Paulista estava tropeçando novamente em casa quando o placar estava marcando 2 a 2, assim como aconteceu diante do Mirassol, na rodada anterior, mas o atacante argentino substituiu Luiz Araújo que teve mais uma boa atuação e conseguiu a jogada que selou a vitória são-paulina. Cueva, após ter abusado dos erros de finalização, converteu e definiu o placar final por 3 a 2, nesta terça-feira à noite. Pratto, duas vezes de cabeça, Pitty e Régis Souza, em um golaço, complementaram o placar.
Assim como aconteceu diante de Ponte Preta (na vitória por 5 a 2), Santos (na vitória por 3 a 1) e Audax (derrota por 4 a 2), o time começou novamente atrás no marcador, mas conseguiu reagir.
Agora, o São Paulo enfrentará o Novorizontino, no sábado, às 19h30, fora de casa. O clube lidera o Grupo B do Campeonato Paulista, com dez pontos.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 2 SÃO BENTO

Local: Estádio Cícero Pompéu de Toledo, no Morumbi, em São Paulo
Data: 21 de fevereiro de 2017, terça-feira
Horário: 20h30 horas (Hora de Brasília)
Público: 14.011 torcedores
Cartões amarelos: Cícero (SPFC). Gabriel Santos, Denner, Pitty (SB).

Gols: Lucas Pratto, aos 27 minutos do 1º tempo e aos 4 minutos do 2º tempo. E Cueva, aos 41 minutos do 2º tempo para o SPFC. Pitty, aos 8 minutos do 1º tempo, Régis, aos 31 minutos do 2º tempo para o SB.

SÃO PAULO: Sidão, Buffarini, Rodrigo Caio, Maicon e Junior (Bruno); João Schmidt, Thiago Mendes, Cícero e Cueva (Araruna), Luiz Araújo (Chavez) e Lucas Pratto
Técnico: Rogério Ceni

VERSUS

SÃO BENTO: Rodrigo Viana; Leandro Melo (Magrão), Pitty, Gabriel Santos e Denner; Fábio Bahia, Itaqui, Giovanni (Rodrigo Dantas) e Régis Souza; Renan Mota e Guilherme Queiroz (Bebeto).
Técnico: Paulo Roberto Santos

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

São Paulo recebe o São Bento buscando maior equilíbrio

O time do São Paulo de 2017, ainda em construção, anda mostrando uma diferença relevante em relação a temporada anterior. Enquanto que no Campeonato Brasileiro de 2016 o time sem graça fazia e sofria poucos gols, na temporada atual tem jogos bem mais emocionantes. Após quatro rodadas, é o melhor ataque do Paulistão (com 12 gols), mas tem também a segunda pior defesa (sofreu 9 gols) – a frente somente do Linense, que já tomou 13.
Em busca de um maior equilíbrio e de manter a liderança do Grupo B do estadual, o Tricolor Paulista entra em campo às 20h30 (Hora de Brasília) desta terça-feira, quando recebe o São Bento, no Morumbi.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X SÃO BENTO

Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo, no Morumbi, em São Paulo
Data: 21 de fevereiro de 2017, terça-feira
Horário: 20h30 horas (Hora de Brasília)

SÃO PAULO: Sidão, Buffarini, Rodrigo Caio, Maicon e Junior; João Schmidt, Araruna, Cícero e Cueva, Luiz Araújo e Lucas Pratto
Técnico: Rogério Ceni

VERSUS

SÃO BENTO: Rodrigo Viana; Bebeto, Pitty, Gabriel Santos e Denner; Fábio Bahia, Itaqui, Clebson e Morais; Wilson Júnior e Magrão.
Técnico: Paulo Roberto Santos

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Lucas Pratto faz gol em sua estreia no São Paulo mas, time vacila e cede empate nos acréscimos

Lucas Pratto provou em oito minutos porque valeu todo o esforço do São Paulo em contratá-lo: oportunismo e bola na rede é com ele mesmo. Logo no começo da partida, o atacante argentino fez seu primeiro gol pelo novo clube. A noite parecia perfeita quando Rodrigo Caio ampliou o marcador para 2 a 0. Com isso, o time relaxou e permitiu a reação do Mirassol que acabou conseguindo o empate em 2 a 2 nos acréscimos, diante de quase 44 mil pessoas que estiveram no Morumbi, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Paulista.
O São Paulo permanece na liderança do Grupo B, com sete pontos. Nesta terça-feira, o Tricolor Paulista joga novamente no Morumbi, desta vez diante do São Bento, às 20h30 (Hora de Brasília).
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 2 MIRASSOL

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 18 de fevereiro de 2017, sábado
Horário: 19h30 (Hora de Brasília)
Público: 43.961 espectadores

Cartão Amarelo: Zé Roberto (Mirassol); Luiz Araújo, Rodrigo Caio e Junior Tavares (São Paulo)

Gols: Lucas Pratto, aos nove minutos do primeiro tempo; Rodrigo Caio, aos sete minutos do segundo tempo para o SPFC. Raphael Lucas, aos 30 minutos do segundo tempo, e Xuxa, aos 47 minutos do segundo tempo para o Mirassol.

SÃO PAULO: Sidão; Bruno, Rodrigo Caio, Maicon e Junior Tavares; João Schmidt, Thiago Mendes e Cícero (Buffarini); Luiz Araújo (Neilton), Cueva (Lucas Fernandes) e Lucas Pratto
Técnico: Rogério Ceni

VERSUS

MIRASSOL: Vagner; Tony, Wallace, Edson Silva e Raul; Willian, Paulinho (Ricardinho), Xuxa e Rodolfo; Wellinton Junior (Bruno Sávio) e Zé Roberto (Raphael Lucas)
Técnico: Moisés Egert

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

São Paulo vence de virada e põe fim à tabu, derrubando o Santos na Vila Belmiro

O jovem jogador Luiz Araújo ajudou o São Paulo a quebrar um tabu na noite desta quarta-feira. O atacante entrou no intervalo da partida e fez dois gols na vitória por 3 a 1, de virada, sobre o Santos, na Vila Belmiro, local onde o rival era praticamente imbatível.
O Tricolor Paulista não ganhava na casa do adversário desde 2009. Pelo Campeonato Paulista, havia mais tempo ainda, desde 2003. Por tanto, 14 anos. Rogério Ceni ganhou seu primeiro clássico como técnico. Na final do Torneio da Flórida, o time são-paulino ficou no empate sem gols diante do Corinthians, mas conquistou o título nos pênaltis.
Com o resultado, o São Paulo segue na liderança do Grupo B do Paulistão, agora com seis pontos. O São Paulo volta a campo no sábado, às 19h30. Seu adversário será o Mirassol, no Morumbi.
FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 3 SÃO PAULO

Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 15 de fevereiro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 horas (Hora de Brasília)
Público: 11.320 torcedores

Cartões amarelos: Zeca, Rodrigão (Santos). Thiago Mendes, Neilton, Cueva, Cícero (SPFC).

Gols: Copete, aos 10 minutos do 1º tempo para o Santos. Cueva, aos 36 minutos do 1º tempo, e Luiz Araújo, aos 10 e aos 27 minutos do 2º tempo para o SPFC.

SANTOS: Vladimir; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Yuri e Zeca; Thiago Maia, Leandro Donizete (Bruno Henrique), Vitor Bueno e Lucas Lima (Thiago Ribeiro); Copete e Rodrigão (Rodrigão).
Técnico: Dorival Júnior

VERSUS 

SÃO PAULO: Sidão, Buffarini, Rodrigo Caio, Maicon e Junior; João Schmidt, Thiago Mendes (Araruna), Cícero e Cueva (Bruno), Neilton e Gilberto.
Técnico: Rogério Ceni