sexta-feira, 29 de agosto de 2014

São Paulo é derrotado na estreia da Copa Sul-Americana

O São Paulo começou em desvantagem após estrear na Copa Sul-americana, na noite desta quinta-feira. Sem Kaká, Ganso e Alan Kardec, poupados, o Tricolor Paulista teve Alexandre Pato como único remanescente de seu estrelado quarteto ofensivo. O atacante até chegou a marcar, mas não evitou a derrota diante do Criciúma, no jogo de ida da segunda fase da competição continental, em Santa Catarina.
No jogo de volta, marcado para a próxima quinta-feira (dia 04), no Morumbi, o São Paulo precisará de uma vitória simples para se garantir nas oitavas de final. Enquanto isso, o time permanece em Santa Catarina visando à partida diante do Figueirense, válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.
FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 2 X 1 SÃO PAULO
Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 28 de agosto de 2014, quinta-feira

Cartões amarelos: Lucca, Ronaldo Alves (Criciúma); Lucão, Hudson (São Paulo)

Gols: Silvinho, aos 15, e Lucca, aos 42 minutos do primeiro tempo para o Criciúma. Alexandre Pato, aos 26 minutos do primeiro tempo para o São Paulo.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Lucão, Edson Silva e Álvaro Pereira; Souza, Hudson, Maicon (Boschilia) e Michel Bastos; Ademilson (Ewandro) e Alexandre Pato
Técnico: Muricy Ramalho

CRICIÚMA: Bruno; Luis Felipe; Alcides, Ronaldo Alves e Giovanni; Serginho, João Vitor, Wellington Bruno (Rafael Costa) e Paulo Baier (Michael); Silvinho (Maurinho) e Lucca
Técnico: Wilson Vaterkemper (interino)

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

São Paulo inicia caminhada rumo ao Bi da Copa Sul-Americana

Garantir uma vaga na Taça Libertadores da América do próximo ano e conquistar títulos na temporada são os reais objetivos do São Paulo em 2014. O Tricolor Paulista estreia na noite desta quinta-feira (28), às 20h (Hora de Brasília), em Santa Catarina, na Copa Sul-Americana de 2014. O Criciúma será o adversário do time, que conta com uma base vitoriosa.
No atual elenco, 12 dos 29 inscritos foram campeões da edição da competição internacional de 2012: Rogério Ceni, Denis, Léo, Rafael Toloi, Paulo Miranda, Edson Silva, Denilson, Maicon, Paulo Henrique Ganso, Luis Fabiano, Osvaldo e Ademilson participaram da vitoriosa campanha do clube naquele ano.
A grande fase do time no Campeonato Brasileiro dá motivação extra para os comandados de Muricy Ramalho, que acumulam quatro vitórias seguidas e a vice-liderança do torneio nacional. Os números também mostram que o Tricolor Paulista tem condições de conseguir um grande resultado na partida de ida, válida pela segunda fase da Sul-Americana.
O São Paulo venceu os últimos três jogos como visitante: 1 a 0 no Internacional, 2 a 1 no Palmeiras (válidos pelo Campeonato Brasileiro) e 2 a 1 no Bragantino (válido pela Copa do Brasil). Ao todo, este ano, foram 19 jogos como visitante, sendo nove vitórias, quatro empates e seis derrotas.
Para surpreender o adversário, que visitará o Tricolor Paulista na próxima semana, no Morumbi, Muricy faz mistério e não revela a escalação. Kaká, Paulo Henrique Ganso e Rafael Toloi não viajaram para disputar a partida.
Kaká e Toloi vão se preparar para a partida diante do Figueirense, domingo (31), válida pelo Campeonato Brasileiro. Enquanto Ganso, além de não poder atuar contra o Criciúma devido ao cansaço muscular e o risco de lesão, não jogará na rodada do final de semana, pois está suspenso. O camisa 10 é o jogador do elenco que mais atuou na temporada, tendo ficado fora de apenas um dos 40 jogos do time.
Por fim, a disputa da Copa Sul-Americana pode marcar a última atuação internacional do goleiro Rogério Ceni, que tem 11 títulos conquistados fora do Brasil de expressão: bi da Libertadores e do Mundial (93 e 2005) , bi da Recopa (93 e 94), uma Supercopa (94) , uma Conmebol (94) e uma Sul-Americana (2012). Com a Seleção Brasileira, o M1TO ainda conquistou a Copa das Confederações (97) e A Copa do Mundo (2002).
FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA X SÃO PAULO

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 28 de agosto de 2014, quinta-feira
Horário: 20 horas (Hora de Brasília)

CRICIÚMA: Bruno; Luis Felipe; Alcides, Ronaldo Alves e Giovanni; Serginho, João Vitor, Wellington Bruno e Paulo Baier; Silvinho e Lucca
Técnico: Wilson Vaterkemper (interino)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda; Lucão, Edson Silva e Álvaro Pereira; Denilson, Hudson, Maicon e Michel Bastos; Alexandre Pato e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Vice-líder: São Paulo se mantém na briga pelo título ao derrotar o Santos

O São Paulo deu mais um passo importante na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro. Superior durante boa parte do clássico, o Tricolor Paulista soube envolver o adversário e conseguiu conquistar sua quarta vitória seguida na competição. Graças ao bom desempenho dos seus jogadores PH Ganso, Alvaro Pereira e Kaká, atentos na marcação e no ataque, o time conseguiu derrotar o Santos na tarde deste domingo (24), no Morumbi. A vitória que teve muita dramaticidade e emoção veio somente nos minutos finais da partida.
A vitória diante do Santos confirma o bom momento do time e o coloca na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, agora com 32 pontos, sete pontos a menos que o líder Cruzeiro.
De quebra, o Tricolor Paulista consegue encerrar um tabu de cinco jogos sem vitória sobre o rival. A última vitória do São Paulo sobre o Santos tinha sido no 1º turno do Campeonato Brasileiro de 2012, por 1 a 0.
O São Paulo volta a jogar na próxima quinta-feira. O Tricolor Paulista irá disputar a fase nacional da Copa Sul-Americana diante do Criciúma, às 20h, fora de casa.
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 1 SANTOS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 24 de agosto de 2014, domingo
Horário: 16 horas (Hora de Brasília)
Público: 31.281 torcedores

Cartões Amarelos: Alexandre Pato, Rafael Toloi, Ganso, Paulo Miranda, Alvaro Pereira (São Paulo), Vladimir, Gabriel e David Braz (Santos)

Gols: Ganso, aos 23 minutos do primeiro tempo, e Alexandre Pato, aos 42 minutos do segundo tempo para o São Paulo. Gabriel, aos 40 minutos do segundo tempo para o Santos.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Álvaro Pereira; Souza, Denilson, Ganso e Kaká (Hudson); Alexandre Pato (Michel Bastos) e Alan Kardec
Técnico:Muricy Ramalho

SANTOS: Aranha, Cicinho, David Braz, Edu Dracena e Mena; Alison (Souza), Arouca e Lucas Lima; Thiago Ribeiro (Patito Rodríguez), Gabriel e Leandro Damião (Rildo)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

São Paulo derrota o Internacional

O São Paulo conseguiu um resultado que ninguém ainda havia conquistado no Campeonato Brasileiro: derrotar o Internacional no Beira-Rio. Foi uma partida muito disputada, de muito equilíbrio e muita cautela, mas o Tricolor Paulista conseguiu os três pontos necessários que somados aos já conquistados pelo time na competição, coloca o São Paulo muito próximo da liderança.
Agora com 29 pontos, o São Paulo sobe para a terceira colocação. 
Na próxima rodada, o São Paulo terá no domingo, às 16h, o clássico diante do Santos, no Morumbi.
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 x 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 20 de agosto de 2014 (quarta-feira)
Horário: 22 horas (Hora de Brasília)

Cartões amarelos: Fabrício (Internacional); Hudson (São Paulo)

GOL: Ganso, aos 35 minutos do primeiro tempo para o São Paulo.

INTERNACIONAL: Dida; Wellington Silva, Ernando, Juan e Fabrício; Ygor (Valdívia), Bertotto (Wellington Paulista), Aránguiz, Alex (Jorge Henrique) e D'Alessandro; Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Álvaro Pereira; Denilson, Hudson, Ganso (Michel Bastos) e Kaká; Alexandre Pato (Ademílson) e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Jogo complicado no sul

São cinco pontos de distância na tabela, e buscando acabar com essa diferença para se aproximar mais do líder do Campeonato Brasileiro, o São Paulo visita o Internacional na noite desta quarta-feira, a partir das 22h, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. A partida será muito especial para Alexandre Pato. O jogador conhece bem o adversário, já que foi das categorias de base do time gaúcho que o atacante teve projeção para o futebol mundial.
O São Paulo vai ter muitos desfalques no jogo desta quarta-feira. Com isso o técnico Muricy Ramalho terá poucos jogadores no banco de reservas. Não estão à disposição; Rodrigo Caio, Antonio Carlos, Douglas, Maicon e Luis Fabiano machucados, Souza, suspenso, e Auro, Lucão e Boschilia estão servindo a Seleção Brasileira Sub-20.
Apesar da eliminação inesperada da Copa do Brasil na semana passada, o São Paulo diante do Internacional vai tentar sua terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro. O time ocupa a quinta colocação, com 26 pontos.
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X SÃO PAULO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 20 de agosto de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (Hora de Brasília)

INTERNACIONAL: Dida; Cláudio Winck, Ernando, Juan e Fabrício; Ygor, Aránguiz, Alex, D'Alessandro e Jorge Henrique (Alan Patrick); Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Álvaro Pereira; Denilson, Hudson, Ganso e Kaká; Alexandre Pato e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Graças à vontade: No Pacaembu, São Paulo derrota o Palmeiras e se mantém na briga pelo título

O São Paulo se aproveitou da situação complicada que passa o Palmeiras para conseguiu sair do estádio do Pacaembu em melhor situação. O Tricolor Paulista derrotou o rival e consequentemente diminuiu a distância para os adversários que lutam pelo título do Campeonato Brasileiro.
Foi um clássico marcado muito mais por erros do que acertos. A vitória do São Paulo veio aos 43 minutos do segundo tempo, depois de um cruzamento certeiro de Álvaro Pereira para a bela cabeçada de Alan Kardec.
O Tricolor Paulista, com 26 pontos, está em quinto. Na próxima rodada, nesta quarta-feira, o time viaja para o Rio Grande do Sul, onde no estádio Beira-Rio joga diante do Internacional.
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 17 de agosto de 2014, domingo
Horário: 16 horas (Hora de Brasília)

Cartões amarelos: Lúcio (Palmeiras). Souza, Edson Silva, Rafael Toloi, Álvaro Pereira (São Paulo)

Gols: Henrique, aos 15 minutos do segundo tempo para o Palmeiras. Alexandre Pato, aos 8, e Alan Kardec, aos 43 minutos do segundo tempo para o São Paulo.

PALMEIRAS: Fábio; Wendel, Lúcio, Tobio e Victor Luis; Renato, Marcelo Oliveira, Allione e Valdivia (Felipe Menezes) (Leandro); Mouche (Cristaldo) e Henrique
Técnico: Ricardo Gareca

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Álvaro Pereira; Souza, Denilson, Ganso (Hudson) e Kaká; Alexandre Pato (Ademilson) e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Novo camisa 7

O "craque" que a diretoria do São Paulo prometeu para encerrar o ciclo de contratações para a atual temporada foi apresentado nesta quinta-feira à tarde, no CT da Barra Funda. Aos 31 anos, Michel Bastos chega ao Tricolor Paulista, para cumprir um contrato de 18 meses. Com o time praticamente montado por Muricy Ramalho, o reforço deverá ser um reserva de luxo que pode atuar na lateral esquerda, meio campo e ataque.
- A expectativa é grande, muito boa. O projeto que sempre tive foi voltar ao Brasil em um grande clube. Saí do Brasil como lateral. Cheguei à Europa e, pelo fato de ser um pouco ofensivo, mudei de posição. No período em que passei por lá, joguei em várias posições e isso facilitou muito. Onde o treinador decidir me colocar vou exercer e dar o meu melhor - disse ele, que recebeu das mãos do presidente Carlos Miguel Aidar a camisa 7 .
Apesar de já está regularizado, o jogador ainda não estreará no clássico contra o Palmeiras, no domingo. Ele mesmo decidiu isso.
Aos 31 anos, o jogador tem um currículo cheio. Ele começou a carreira no Pelotas e acumulou passagens por Feyenoord e Excelsior, da Holanda, Lille e Lyon, da França, Schalke 04, da Alemanha, Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, e Roma, da Itália. No Brasil, defendeu Atlético-PR, Grêmio e Figueirense.